67- Pois achar que amar uma pessoa é diferente de ter certeza que a ama.

Esse texto, eu considero o terçeiro melhor que eu já escrevi... espero que gostem =]

    Pode ser que em um tempo meus pensamentos e meu jeito de ser foram completamente insignificantes.
    Mas eu cresçi.
    E com uma pessoa fiz sexo.
    Confiança não foi o forte desse relacionamento, mas eu pude e tive a total confiança que poderia ter, mesmo sendo pouca.
    Aprendi a tentar confiar, mesmo não devendo. Aprendi a pensar antes, aprendi a ter responsabilidade.
    Sim, eu corri muito atrás depois. Mas já era depois, e muito tarde, comparado com o sofrimento que fiz a essa pessoa.
    Nenhum conselho me valeu. Jamais prestei atenção no que meus amigos me diziam, o que eu fazia era bom e pronto. Eles diziam: O tempo é o melhor remédio para se curar todas as feridas.
    Só que o tempo jamais passava.
    E eu fui ficando doente, fui pensando e jurando que se eu tivesse só mais uma chance eu faria diferente, jurando que minha vida tinha acabado.
    E alí realmente tinha.
    Minha vida tinha sido completamente desabada. E já não tinha mais vestígios de felicidade. Nem um verdadeiro sorriso brotava num canto da minha boca.
    Então meu pai decidiu passar 4 dias em outra cidade numa pequena viagem.
    Chegando lá, imediatamente de cara meu coração acelerou. E eu achava que meu coração havia voltado a bater.
    Mas eu estava enganado.
    Quando revi essa pessoa, eu percebi que o amor realmente tinha me pegado.
    E então, finalmente, eu começei a apelar para o tempo, acreditando que jamais iria tirar essa bendita praga da minha cabeça e do meu coração.
    Mas aí eu novamente estava errado.
    Então, para o meu desespero, as aulas começaram, eu pensava: Como vou estudar? Como vou poder pensar?
    E então, novamente, eu havia COMEÇADO - eu achava-, a gostar de alguém.
    Só que a "praga", dentro de mim não saía.
    E nesses dias para cá eu conheçi - podemos dizer - uma pessoa.
    Quando me reecontrei com a tal praga pude perceber que já não sentia mais a mesma coisa, e o sorriso daquela pessoa em uma noite na minha cabeça invadiu.
    Sei, que naqueles dias eu me arrependi plenamente. Mas hoje eu sei que tudo foi um ensino de vida que a mesma quis me ensinar,e hoje eu agradeço.
    Mas eu queria, por um lado, que nenhum de vocês passasem pelo mesmo sofrimento que passei.
    Mas por outra lado eu desejo isso, e cedo, para não brincarem com o coração e pensamento dos outros, e enfim, para não se arrependerem no final.
    Pois achar que amar uma pessoa é diferente de ter certeza que a ama.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comentários:

Postar um comentário

Meus Seguidores: